Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Atendimento

0

Frete Grátis

a partir de R$199

Embalagem Discreta

A prova de curiosos

Motoboy

*Receba em até 3h

Pague com cartão

em ate 3x s/ juros

Segurança

Loja oficial

18/10/2023

Fetiches inusitados para experimentar

Para tirar o relacionamento da rotina, nada melhor do que inovar! E por isso, os fetiches podem ser seus aliados nessa hora. Pra quem não conhece, fetiche nada mais é do que a atração sexual por determinadas ações, objetos, partes do corpo ou situações. Existem incontáveis tipos de fetiches, mas hoje separamos 5 fetiches inusitados para você experimentar com seu parceiro ou parceira e dar um “up” no sexo do casal.

Agorafilia

O nome parece estranho, né? Mas aposto que você tem esse fetiche e nem sabia. A agorafilia é o fetiche por fazer sexo em locais públicos ou ao ar livre. Quem nunca estacionou o carro em um lugar vazio para uma rapidinha, não é mesmo? Mas você pode elevar o nível marcando presença em lugares ainda mais inusitados: banheiro do shopping, escadaria do prédio, estacionamentos… abra a imaginação e deixe o momento guiar vocês. Mas vale lembrar: sexo em público é crime! Sejam discretos e tenham ciência dos riscos que estão correndo, a pena para quem for flagrado pode ser de 3 meses a um ano, além de multa e muito constrangimento, né?

Sex Tape

Esse é facinho, hein? Sex Tape nada mais é do que um vídeo do casal transando! Vocês podem começar gravando, assistindo logo em seguida e depois apagar para evitar que o vídeo acabe parando nas mãos de outras pessoas. Mas uma opção mais ousada, é gravar um vídeo pornô amador e soltar em algum site. Repetimos: é muito importante que tomem as devidas precauções para que a identidade do casal não seja revelada! Cubra tatuagens, porta-retratos do quarto, faça um penteado que não mostre muitos detalhes do cabelo, utilize óculos escuros e máscara. Mas e aí? Tem coragem?

Voyeurismo

O Voyeurismo é a atração pela visualização do ato sexual, ou seja, é a atração em ASSISTIR o sexo, mas sem participar. E vale tudo: assistir um casal, orgia, masturbação etc. Vale tudo M E S M O! Mas claro, sempre com consentimento! Nada de sair por aí espionando os outros, ok?!  Para pôr em prática, vocês podem assistir outro casal ou até mesmo serem assistidos.

Para os tímidos, vale começar assistindo um show online ao vivo, ou então, SER o show! Existem diversos chats online focados em sexo, geralmente não necessita nem mesmo ter uma conta para participar da brincadeira. Mas lembre-se: sempre tome o cuidado de não deixar nada que possa entregar a identidade do casal amostra, para evitar problemas e constrangimento no futuro.

E para quem gosta de ir além, existe outro fetiche chamado Cuckold, que é a atração em assistir seu parceiro ou parceira fazendo sexo com outra pessoa, mas sem participar do ato.

Bondage ou Shibari

O Bondage e o Shibari são fetiches que tem um objetivo em comum: imobilização. Mas existe uma diferença entre os dois, o bondage, é para uma imobilização rápida, sem se preocupar com o visual das amarras e, geralmente, evita deixar marcas no corpo da pessoa imobilizada. Já o shibari, é uma verdadeira arte! É necessário muito conhecimento e paciência, pois as amarras são feitas com cordas. Existem milhares de tipos de nós diferentes que podem ser feitos em uma sessão de shibari, e inclusive, existe a possibilidade de unir a suspensão no ato, ou seja: a pessoa que está imobilizada também é suspensa pelas cordas! A prática do shibari costuma deixar marcas no corpo, já que é feita com cordas que são amarradas com força.

Dominação e submissão

Por fim, temos a dominação e submissão, um fetiche mais comum do que você imagina! Esse fetiche consiste em uma pessoa dominar a outra, e a submissa dele obedecer as ordens do seu dominador. As práticas de dominação geralmente estão acompanhadas de um sexo mais violento, incluindo imobilização, tapas, mordidas, etc.

Uma dica muito legal pra quem está começando são as palavras de segurança para o submisso. Não existe regra, pois quem as define é o casal, mas para que ainda não tem experiência, é legal definir ao menos 3 palavras de segurança. Uma que significa “estou bem, pode ir mais forte”, uma para “cuidado, estou chegando no meu limite” e outra para “pare imediatamente, não estou bem”. As palavras de segurança mais comuns são cores ou frutas, mas você pode escolher o que você quiser, só tome cuidado para não escolher algo muito complexo e acabar não conseguindo falar na hora e algo ruim acontecer!